31.5.15

Frugívoro Terapia no Tao


A NÃO PERDER ESTE WORKSHOP COM ANTÓNIO PEDROSA

As frutas constituem um grupo de alimentos essenciais para a saúde e para o bem-estar, principalmente devido ao seu fornecimento de vitaminas e minerais, fibras e outras substâncias antioxidantes, como ácidos e oligoelementos, que são vitais para o bom funcionamento do organismo.

Em função das propriedades que têm as frutas, a frugívoro terapia é considerada um método terapêutico que faz uso das substâncias nutricionais que estas contêm, com o intuito de as utilizar como um método preventivo para evitar o aparecimento de doenças, ou para as tratar no caso de estas já existirem.

No entanto, este termo é desconhecido. De facto, foi apenas em 1998 que o precursor desta técnica, e o pai desta disciplina, o médico colombiano Albert Ronald Morales, a deu a conhecer através da publicação do livro «Frutoterapia». Desde então, muitos foram os profissionais, principalmente os relacionados às áreas da dietética, da nutrição e das medicinas complementares, que se interessaram por este método tão saudável.

A frugívoro terapia classifica as frutas em quatro grupos principais:

• Frutas doces: são caracterizadas por ser o maior grupo, por serem compatíveis entre si e por não conter ácidos. Todas elas são ricas em vitamina A, C e E, e no complexo B12 e B15.
• Frutas ácidas: são ricas em ácidos e complexos vitamínicos. São indicadas para reduzir o colesterol e o ácido úrico.
• Frutas semiácidas: contêm ácidos mais fracos do que as anteriores e são ricas em proteínas de elevado valor biológico.
• Frutas neutras: são as mais ricas em vitaminas, proteínas, sais minerais e
oligoelementos essenciais para o organismo.

Investimento: 25€ (envio de manual sobre o tema a todos os presentes)

Sem comentários: