24.1.09

Orgasmic Birth: Um filme a não perder

A HumPar (Ass. Portuguesa pela Humanização do Parto) promove a apresentação do filme/documentário

Orgasmic Birth

Lisboa: 30 de Janeiro às 21h00 no Auditório da Biblioteca Victor de Sá (Universidade Lusófona, Campo Grande)

Porto: 30 de Janeiro às 21h00 na Escola de Enfermagem do Porto (pólo de São João)

Aveiro: 30 de Janeiro às 21h00 no Mercado Negro

Coimbra: 1 de Fevereiro às 17h30 no Café com Arte (Av. Elisio de Moura)

O filme apresenta partos naturais em que o poder é restituído à mulher, e em que as únicas drogas presentes são as hormonas naturais. "Parto Orgástico é um tesouro. Permite-me plantar sementes do parto humanizado na mente das participantes das minhas aulas de preparação para o parto. O filme ajuda-as a encontrar o poder de optar pelo parto normal e não intervencionado. Traz me a esperança de familias ligadas e cheias de amor para as próximas gerações. Eu agradeço  a todos os pais que aceitaram com tanta generosidade deixar filmar os seus partos, e a ideia de trazer a noção de parto orgástico na nossa cultura. Eu estou muita animada acerca das mudanças que este filme provocará na vida das pessoas, nos seus partos, e na sociedade em geral" (Barbara, educadora perinatal, USA).

As mulheres cujos partos são aqui documentados experimentam trabalhos de parto sem perturbações, sentindo-se livres para movimentar os seus corpos nos seus ritmos pessoais e com os seus companheiros ao lado. Eles, riem, beijam-se e gemen durante as contrações, proporcionando um raro olhar e perspectiva do nascimento humano que não só proporciona maior prazer, como é mais seguro e saudável tanto para a mãe como para o bebé em comparação com um parto medicalizado que se tornou a norma nos Estados Unidos e em quase a totalidade dos países do mundo, com Portugal no topo dessa lista.

A exibição gratuita do filme terá lugar nas cidades de Lisboa, Porto, Coimbra e Aveiro nos dias 30 de Janeiro e 01 de Fevereiro. A NÃO PERDER! Não chegue atrasado, pode não encontrar lugar!




.

Sem comentários: