3.7.09

A falência do real e a cultura do simulacro

Eis uma excelente introdução ao pensamento do grande filósofo francês Jean Baudrillard. De como a realidade moderna é cada vez menos real, da ascensão do paradigma "virtual" e dos perigos associados. 

Trata-se de uma tendência antiga, esta dos simulacros e da apetência humana pelo "virtual", mas tem sido acelerada e aprofundada pelo recente e extraordinário desenvolvimento tecnológico e científico. De Jesus Cristo à Matrix, eis uma "procissão de simulacros":

Sem comentários: