31.5.15

Frugívoro Terapia no Tao


A NÃO PERDER ESTE WORKSHOP COM ANTÓNIO PEDROSA

As frutas constituem um grupo de alimentos essenciais para a saúde e para o bem-estar, principalmente devido ao seu fornecimento de vitaminas e minerais, fibras e outras substâncias antioxidantes, como ácidos e oligoelementos, que são vitais para o bom funcionamento do organismo.

Em função das propriedades que têm as frutas, a frugívoro terapia é considerada um método terapêutico que faz uso das substâncias nutricionais que estas contêm, com o intuito de as utilizar como um método preventivo para evitar o aparecimento de doenças, ou para as tratar no caso de estas já existirem.

No entanto, este termo é desconhecido. De facto, foi apenas em 1998 que o precursor desta técnica, e o pai desta disciplina, o médico colombiano Albert Ronald Morales, a deu a conhecer através da publicação do livro «Frutoterapia». Desde então, muitos foram os profissionais, principalmente os relacionados às áreas da dietética, da nutrição e das medicinas complementares, que se interessaram por este método tão saudável.

A frugívoro terapia classifica as frutas em quatro grupos principais:

• Frutas doces: são caracterizadas por ser o maior grupo, por serem compatíveis entre si e por não conter ácidos. Todas elas são ricas em vitamina A, C e E, e no complexo B12 e B15.
• Frutas ácidas: são ricas em ácidos e complexos vitamínicos. São indicadas para reduzir o colesterol e o ácido úrico.
• Frutas semiácidas: contêm ácidos mais fracos do que as anteriores e são ricas em proteínas de elevado valor biológico.
• Frutas neutras: são as mais ricas em vitaminas, proteínas, sais minerais e
oligoelementos essenciais para o organismo.

Investimento: 25€ (envio de manual sobre o tema a todos os presentes)

5.5.15

Escola Spiritual Human Yoga dá formação na Figueira da Foz

30 de maio (sábado) no Tao
Aprenda a captar e enviar energia

A Escola Spiritual Human Yoga (S.H.Y.) tem por objetivo desenvolver a espiritualidade, através do ensino de técnicas de yoga (na sua forma menos física) para a busca do equilíbrio e da harmonia entre o corpo, a mente e o espírito.

Estas técnicas permitem que se atinja a calma e a serenidade, proporcionam bem estar físico, emocional, psicológico e espiritual e ajudam a ter maior concentração. Na formação aprende-se a captar a energia no meio ambiente de modo a poder transmiti-la a todas as pessoas ao nosso redor, de maneira completamente gratuita.

As técnicas S.H.Y. difundidas pelo Mestre Vietnamita Luong Minh Dang e praticadas por mais de um milhão de pessoas em dezenas de países, baseiam-se na ativação dos principais centros energéticos do nosso corpo (chakras), os quais são em seguida utilizados para a captação da Energia Universal (E.U.). A energia captada através dos chakras pode então ser transmitida, mediante a imposição das mãos, para si mesmo ou para outra pessoa a fim de compensar uma carência energética do organismo, possível causa de doenças.

Testemunhos dos mais variados já foram dados sobre os efeitos benéficos da Energia Universal. Para isso ela deve ser utilizada dentro de um espírito de caridade e compaixão. Quando praticada corretamente, não só ameniza os males físicos, mas contribui também para a nossa evolução espiritual.

No próximo dia 30 de Maio o Tao vai receber, das 9h30 às 13h, o Nível Fundamental, NÍVEL I do Novo Programa da Escola HUESA. 

Conheça mais aqui: http://www.shyportugal.pt/p_freq.htm

O Nível Fundamental engloba o antigo Nível Básico + os antigos Níveis 5.1 e 5.2. Os estudantes que fizerem este nível já ficam habilitados a transferir energia à distância.
O Nível Fundamental está aberto a todos os novos estudantes e também aos alunos que já tenham feito o antigo Nível Básico.
Todos os estudantes acima do antigo Nível 5.2 poderão assistir gratuitamente como auditores.

Inscrições até dia 15 de maio. Peça-nos mais informações e a ficha de inscrição nos contactos habituais do Tao: tao.centro@gmail.com ou 914238010
Investimento: 50€

Nota: Desde o início do ano passado, 2014, a idade mínima para fazer os cursos é de 12 anos (10 anos para os filhos de estudantes da HUESA), desde que tenham autorização de um dos pais ou responsável legal. As crianças até aos 12 anos de idade terão direito a uma redução de 50% do valor da taxa de inscrição nos seminários.